BLOG

Acompanhe a Mobits pelo RSS

FILTROS

tags
data

24 Jun, 2008  17:30

Seminário Info Internet Móvel

Na segunda-feira, 16 de junho de 2008, ocorreu em São Paulo o Seminário Info Internet Móvel. O evento contou com grandes nomes do mercado (programação completa neste link) . Estive presente como representante da Mobits em busca de contatos, idéias e do rumo atual do mercado para desenvolvimento de softwares para dispositivos móveis em geral. Abaixo deixo algumas impressões do evento sob o ponto de vista de um desenvolvedor recém chegado a este mercado.

Seminário Internet Móvel

O evento teve início com a palestra do presidente da Claro, que falou basicamente sobre a chegada do 3G no Brasil e o seu grande crescimento, tanto em modens para acesso a internet em computadores, como em celulares. Creio que as operadoras estejam traçando estratégias para ampliar o uso de dados pelas suas redes (hoje o maior tráfego é de voz), o que ampliará em muito o potencial destes dispositivos para o acesso a Intertet. Com o 3G, uma nova Gama de aplicações e serviços se tornam viáveis, como a vídeo chamada e assistir vídeos de Streaming no celular. As operadoras estão começando com estes serviços, mas em breve veremos muitas aplicações produzidas por outros desenvolvedores como nós, :P

No debate sobre as novas tecnologias dos fabricantes de celulares e Smartfones foram discutidas várias inovações tecnológicas que devem chegar em breve ao Brasil, como o NFC (Near Field Communication) muito usado no Japão e o celular com 2 chips GSM. Mas o principal assunto foi a revolução trazida pelo IPhone neste mercado, apesar de não ter nenhum representante da Apple presente no evento. Foi muito discutido que a interface do IPhone trouxe um aumento significativo dos acessos a internet, por permitir que sites da Web sejam acessados sem a necessidade de um formato para celular (.wap ou .mobi). Os demais fabricantes agora tentam correr atrás do prejuízo e construir aparelhos com interfaces e browsers melhores para concorrer com o IPhone.

Nesse contexto, alguns participantes afirmaram que os aplicativos para celular não seriam necessários, pois a tendência no futuro é que os celulares acessem os aplicativos diretamente na Web, pois ainda é muito complicado desenvolver aplicativos portáveis para todos os celulares, o que não ocorre com a Web, que é padrão. Contudo a concusão chegada pelos palestrantes foi que os aplicativos irão coexistir com a Web no celular, pois eles são capazes de explorar mais da capacidade destes dispositivos do que a Web é capaz, como por exemplo, interfaces gráficas melhores (jogos 3D), interface com a câmera do celular, GPS, bluetooth e permitir que o usuário utilize aplicativos off-line, é claro. Também foi citado que os aplicativos que já vêm instalados nos celulares são muito mais acessados que os aplicativos disponíveis para download e até mesmo que a Web nos celulares. Como desenvolvedores de aplicativos, precisamos estar muito atentos para saber o que irá se popularizar no futuro.

O evento também mostrou algumas experiências e projetos brasileiros de sucesso para celular. Destaque para os aplicativos da Gol, que permite o Check in de passageiros pelo celular, através do recebimento de um EMS (Enhanced Message Service) com um código de barras e do Cinemark que hoje permite que os ingressos sejam enviados para o celular (também por EMS) e que já está implementando uma solução para que a compra de ingressos também seja feita diretamente pelo celular. Aliás, o Mobile-Payment foi outro tema deste evento, contando com a presença de bancos e com interesse também das operadoras nesta área, segundo o presidente da Claro “O celular não é nada mais que um cartão de crédito, mas utilizado hoje apenas para comprar voz e serviços de valor agregado.”. No futuro esperamos um grande crescimento nesta área, assim como é hoje na Áfica do Sul, onde o maior meio circulante é o celular.

Por fim as empresas brasileiras que atuam na área de mobilidade deixaram suas experiências e conselhos. A maioria destas empresas obteve um grande sucesso com o SMS e sites Wap, algumas continuam investindo apenas nisso, outras já investem nas novas tecnologias, como citou Bloisi da Compera/nTime: “Se ficarmos só no SMS podemos perder a próxima onda”.

O mercado de aplicativos e serviços para celulares ainda é muito novo, mas já está amadurecendo. Percebi no evento que o número de empresas nesta área está crescendo, todas em busca deste novo campo, que promete crescer e gerar muitas oportunidades. A Mobits está entrando neste mercado e espera obter a opinião de vocês leitores sobre o que acham que tem o maior potencial de dar certo nesta área.

COMPARTILHE

3 COMENTÁRIOs

  1. Karin 24/06/2008, 18:36

    Adorei! Achei que ficou bastante claro e ainda sintetizou bem o que foi o evento da Info. Agora é só esperar para ver o que nossos leitores acharão :)

  2. Rafael Nunes 22/05/2009, 10:56

    Muito útil este tópico. Estou em dúvida se vale a pena investir R$750,00 na inscrição do seminário deste ano (22/06/2009) e precisa saber a opnião de alguém que já tivesse participado do evento do ano passado.

    Muito obrigado. Rafael Nunes paulistano, 29 anos

  3. Quintana 22/05/2009, 11:07

    Realmente foi muito bom, valeu o ingresso. Bom saber que vai ter outro esse ano, é uma ótima oportunidade de conhecer gente, tecnologias e até fechar negócios. Só que, pelo que vi no Google, o título desse ano será "OPORTUNIDADES E MITOS DA INTERNET NO CELULAR", é isso mesmo?

    abs

Desculpe, os comentários desta seção estão fechados.